Movimentos

02/10y

Qualquer dia

Filed under: linques — interaubis @ 11m/36

Eu canso dessa brincadeira,


E volto pra casa.
1pixel-branco1.jpg
Tô meio devagar hoje! Deixo você com esse link:
http://www.prelovac.com/vladimir/playing-with-the-moon

Anúncios

11/06y

Diálogo

Filed under: estoriñas, linques — interaubis @ 09m/43

O Departamento de Estado americano divulgou, em fevereiro deste ano, os registros de uma conversa real entre Kissinger e Mao em 1973.
Transcrevo parte do que foi publicado na revista “Harper’s” de maio passado.
Mao: “O comércio entre nossos dois países no momento é lastimável. O senhor sabe que a China é um país muito pobre. Não temos muita coisa. O que temos sobrando são mulheres”. (risos)
Kissinger: “Não existem quotas nem tarifas para elas”.
Mao: “Então, se vocês quiserem, podemos dar umas para vocês, umas dezenas de milhares”. (risos) Kissinger: “Nosso interesse nas relações com a China não é comercial. Trata-se de estabelecer um relacionamento necessário pelas razões políticas que ambos temos”. Mao: “Não entendemos os seus assuntos internos. Muitas coisas da política externa de vocês nós também não entendemos”.
Kissinger: “Vocês têm uma maneira mais direta, talvez mais heróica de agir do que nós. Nós usamos às vezes métodos mais complicados por causa da nossa situação doméstica. Mas nos nossos objetivos fundamentais iremos agir com muita decisão e sem cuidados com a opinião pública” (…).
Mao: “Vocês querem mulheres chinesas? Podemos dar 10 milhões para vocês”.
Kissinger: “O presidente está melhorando sua oferta”.

Mao: “Poderemos fazer com que elas inundem o seu país… elas dão à luz crianças, e temos crianças demais”.
Kissinger: “É uma proposta tão nova, que teremos de estudá-la”. Mao prossegue nessa linha, para desconforto de Kissinger, que no fim entrega os pontos: “Vejo que o senhor está com uma idéia fixa nesse assunto”.
Talvez Mao estivesse gagá, ou bêbado. Pode ser também uma astúcia qualquer, para evitar que qualquer coisa relevante fosse discutida na reunião. Quem sabe fosse um desabafo criptografado a respeito de Madame Mao. Não sabemos, mas isto é certo: o diálogo era puro minimalismo.

trecho de artigo de Marcelo Coelho na Folha.

e no blog dele, um pouco mais.

19/04y

A evolução do pedalinho.

Filed under: linques — interaubis @ 07m/03

via:http://blogs.elpais.com/lacacharreria/

17/04y

40 Horas preso no elevador

Filed under: linques — interaubis @ 04m/28

http://www.newyorker.com/online/video/2008/04/21/080421_elevators

12/04y

Songbird Radio

Filed under: linques — interaubis @ 04m/34

07/04/2008 – 12h05
Rádio que toca canto de pássaros é sucesso na Grã-Bretanha
Uma estação de rádio digital que transmite o canto de pássaros gravado em um jardim britânico surpreendeu seus proprietários e virou sucesso na Grã-Bretanha, segundo um artigo publicado no jornal Daily Telegraph.

Meio milhão de ouvintes já sintonizaram a estação e um número crescente de pessoas está incorporando a emissora à sua rotina matinal, despertando ao som tranqüilo dos pássaros.

Os proprietários – a companhia DigitalOne – avisam, no entanto, que o empreendimento é temporário, já que o formato não comporta intervalos comerciais, e deverá ser substituído por uma emissora comercial assim que surja uma candidata.

Nesse meio-tempo, no entanto, a companhia cedeu à pressão de ouvintes que queriam melhor qualidade de som e melhorou a gravação.

A audiência já lançou duas campanhas na internet para impedir que a emissora, chamada Birdsong, saia do ar. A estação usa uma freqüência ocupada antes pela emissora falada OneWord, que saiu do ar no início do ano. Ela inicia transmissões às seis da manhã e toca uma gravação de vinte minutos que é repetida continuamente até meia-noite.

Um ouvinte conseguiu identificar 12 tipos de pássaros na gravação, entre eles uma andorinha. Outro fã da emissora disse que ela lhe traz segurança e tem um efeito relaxante.

O editor da revista especializada britânica The Radio Magazine, Paul Boon, disse ao Daily Telegraph que a popularidade da estação se deve exclusivamente ao boca-a-boca.

Boon disse que a revista tem recebido telefonemas de leitores que ligam apenas para dizer o quanto estão gostando da estação Birdsong.

Glyn Jones, diretor de operações da DigitalOne – empresa que controla a rede comercial de emissoras digitais na Grã-Bretanha – disse que a rádio Birdsong ganhou parte da audiência da antiga dona da freqüência, que era de 159 mil ouvintes por semana.

De lá pra cá, a emissora conquistou outros 340 mil ouvintes, disse Jones ao Daily Telegraph. A gravação foi feita pelo presidente da DigitalOne, Quentin Howard, no jardim de sua casa, em 1991, para ser usada como trilha sonora em uma peça de teatro amador.

Howard disse que fica orgulhoso com o sucesso da gravação, mas explicou que a rádio não funcionaria como empreendimento comercial.

“Ela não está programada para fazer dinheiro, já que tem de funcionar ininterruptamente”, disse

http://bichos.uol.com.br/ultnot/bbc/ult4550u338.jhtm

21/01y

O homem muito mau

Filed under: linques — interaubis @ 04m/23

Luterceiro - Flickr

Atacou o homem muito bom.

flickr.com/pgn84

flickrcom_pocketsengupta_1849822376_76d19dfdc.jpg

Não sobrou nada além de uma póstuma canção.

1 pixel branco

http://www.flickr.com/groups/facesinplaces/pool/

a cara de mau veio daqui: http://www.flickr.com/photos/luterceiro/

19/01y

Capa de disco de banda pop

Filed under: linques — interaubis @ 04m/44

1. Clique em http://en.wikipedia.org/wiki/Special:Random e escolha o título do arquivo artigo como nome da banda

2. Clique em http://www.quotationspage.com/random.php3 e escolha as quatro últimas palavras da última citação como título do album

3. Clique em http://www.flickr.com/explore/interesting/7days/ e escolha a terceira figura como capa do disco.

Vá até qualquer programa de edição de imagens e monte as três informações juntas num só arquivo e pronto: eis o CD de sua banda.

Um meme que eu tirei daqui:

http://www.timefan.com/viewtopic.php?t=1877&postdays=0&postorder=asc&start=0

A minha banda ficou assim:

Capa de disco de banda pop

Samuel Lee – “O Outro Não É.”

Não resisti acabei fazendo outra banda:

Capa de disco de banda pop

Sigmarszell – A Vergonha da Arte

10/12y

Ficou registrado assim

Filed under: imaginess, linques — interaubis @ 12m/23

Pedra de Rosetta

No decorrer do reinado do jovem que sucedeu a seu pai na realeza, Senhor dos Diademas, mui glorioso, que estabeleceu o Egito e foi piedoso perante os deuses, triunfante sobre seus inimigos e que restaurou a paz e a vida civilizada entre os homens, Senhor dos Festivais dos Trinta Anos, semelhante a Ptah, o Grande, um rei como Rá, grande rei dos países Alto e Baixo, progênie dos Deuses Filopatores, aprovado por Ptah, a quem Rá deu a vitória, imagem viva de Amum, filho de Rá, PTOLOMEU, ETERNO, AMADO DE PTAH, no nono ano, quando Aetos, filho de Aetos, era sacerdote de Alexandria e os deuses Sóteres e os deuses Adelphoi e os deuses Evergetes e os deuses Filopatores e o deus Epifânio Eucaristo; Pyrrha, filha de Philinos, sendo Athlophoros de Berenice Evergetes, Areia, filha de Diogenes, sendo Kanephoros de Arsinoe Filadelfo; Irene, filha de Ptolomeu, sendo sacerdotisa de Arsinoe Filopator; aos quatro do mes de Xandikos, de acordo com os egípcios, o 18ª de Mekhir.

O DECRETO.

Estando reunidos os Sacerdotes Principais e Profetas e aqueles que adentram no templo interior para aparamentar os deuses, e os Portadores de Abano e os Escribas Sacrados e todos os demais sacerdotes dos templos da terra que vieram se encontrar com o rei em Mênfis para a festa da assunção de PTOLOMEU, ETERNO, O BEM AMADO DE PTAH, O DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO, o sucessor de seu pai na realeza; estando todos reunidos no templo de Mênfis nesse dia, declaram que:

considerando que o rei PTOLOMEU, ETERNO, O BEM AMADO DE PTAH, O DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO, o filho do rei Ptolomeu e da rainha Arsinoe, os deuses Filopatores, foi um benfeitor tanto do templo quanto daqueles que vivem nele, bem como de seus assuntos, sendo um deus oriundo de um deus e de uma deusa amados de Hórus, o filho de Ísis e de Osíris, que vingou seu pai Osíris, estando propiciamente inclinado em relação aos deuses, destinou à renda dos templos riquezas e milho e empreendeu muitas despesas para a prosperidade do Egito e para a manutenção dos templos e foi generoso sobretudo com seus próprios meios; e isentou alguns e abrandou para outros os impostos e taxas cobrados no Egito, para que essas pessoas e todas as demais pudessem viver em prosperidade durante seu reinado;

e considerando que ele anulou os débitos que numerosos egípcios e o restante do reino tinham com relação à coroa;

e considerando que para aqueles que estavam presos e aos que estavam sob acusação há muito tempo, ele decidiu aliviá-los das cargas que pesavam contra eles;

e considerando que ele confirmou que os deuses continuarão a viver das rendas dos templos e das dotações anuais recebidas, tanto de milho quanto de bens, bem como das rendas destinadas aos deuses pelos vinhedos, jardins e outras propriedades que pertenciam aos deuses durante o reinado de seu pai;

e considerando que ele também decidiu, em respeito aos sacerdotes, que eles não devem, para admissão ao sacerdócio, pagar mais do que as taxas estabelecidas durante o reinado do seu pai e até o primeiro ano do seu próprio reinado; e desobrigou os membros das ordens sacerdotais da viagem anual a Alexandria;

e considerando que ele decidiu que não haverá mais nenhum recrutamento compulsório para a marinha; e que da taxa sobre tecido de linho fino pago pelos templos à coroa ele reduziu dois terços; e que qualquer que tenham sido as negligências de tempos passados, ele as corrigiu devidamente, destacando-se muito particularmente as taxas tradicionais a serem pagas apropriadamente aos deuses; e igualmente a todos ministrou justiça, como Thoth, o grande e grande; e decretou que aqueles que retornam da guerra e aqueles que foram espoliados de seus bens nas épocas de turbulência, devem, no seu retorno, ser autorizados a ocupar suas antigas propriedades;

e considerando que ele autorizou o desembolso de grande quantidade de dinheiro e milho para enviar a cavalaria, a infantaria e a marinha contra aqueles que invadirem o Egito por mar e por terra, a fim de que os templos e todos aqueles que habitam na terra possam estar em segurança; e que tendo ido a Lycopolis, no nomo de Busirite, com um abundante arsenal e outras provisões, para constatar e dissipar o descontentamento provocado por homens ímpios que perpretraram danos aos templos e a todos os habitantes do Egito, ele a circunvalou de pequenas colinas, canais e complicadas fortificações; quando o Nilo, que habitualmente inunda as planícies, teve uma grande cheia no oitavo ano do seu reinado, ele a evitou construindo em numerosos locais desvios para os canais, por um custo irrisório, e confiando a guarda desses locais à cavalaria e à infantaria, em pouco tempo, ele tomou de assalto a cidade e matou todos os homens ímpios, tal como o fizeram Thoth e Hórus, o filho de Ísis e Osiris, em tempos passados, para subjugar os rebeldes no mesmo distrito; e como seu pai havia feito com os rebeldes que haviam molestado a terra e lesado os templos, ele veio a Mênfis para vingar seu pai e sua própria realeza e os puniu como eles mereciam; aproveitando-se de sua vinda, ele fez executar as cerimônias adequadas da sua coroação;

e considerando que ele dispensou o que era devido à coroa pelos templos até o seu oitavo ano, não exigindo sequer uma pequena quantidade de milho ou dinheiro; e que fez descontos também nas multas para os tecidos de linho fino não entregues à coroa e para os que foram entregues diminuiu as taxas pelo mesmo período; e que ele também isentou os templos do imposto de uma medida de grão para cada medida de terra sagrada e, da mesma forma, de uma jarra de vinho para cada medida de terra dos vinhedos;

e considerando que ele fez muitas oferendas a Ápis e a Mnevis e aos outros animais sagrados do Egito, pois ele é muito mais preveniente do que os reis que o precederam com relação a tudo que lhes dizia respeito; e que para seus funerais ofertou o que era conveniente com prodigalidade e fausto, e que o que foi pago aos seus santuários específicos o foi regularmente, com sacrifícios e festivais e outras observâncias costumeiras, e que ele manteve a honra dos templos do Egito de acordo com as leis; e que ornou o templo de Ápis com um rico trabalho, dispendendo com isso grande quantidade de ouro, prata e pedras preciosas;

e considerando que ele fundou templos e santuários e altares e reparou aqueles que necessitavam de reparo, tendo o espírito de um deus benfeitor no que diz respeito à religião;

e considerando que, após levantamento, ele vem reconstruindo, durante seu reinado, os mais honoráveis dos templos, como se fazia necessário;

em recompensa pelo que os deuses lhe têm dado saúde, vitória e poder, e todas as demais coisas boas, e ele e seus filhos permanecerão na prosperidade por todos os tempos.

COM FORTUNA PROPÍCIA:

Foi decidido pelos sacerdotes de todos os templos da terra aumentar grandemente as honras devidas ao Rei PTOLOMEU, ETERNO, O BEM AMADO DE PTAH, O DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO, igualmente as de seus pais, os Deuses Filopatores, e as de seus ancestrais, os Grandes Evergetes e os Deuses Adelphoi e os Deuses Sóteres e colocar no local mais proeminente de cada templo uma imagem do ETERNO REI PTOLOMEU, O BEM AMADO DE PTAH, O DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO, que será chamado simplesmente &quotPTOLOMEU, o defensor do Egito”, ao lado do qual deverá permanecer o deus principal do templo, entregando-lhe a cimitarra da vitória, e tudo será fabricado segundo os usos e costumes egípcios; e que os sacerdotes prestarão homenagem às imagens três vezes por dia, e colocarão sobre elas as vestimentas sagradas, e executarão outras devoções habituais como são devidas aos demais deuses nos festivais egípcios;

e construir para o rei PTOLOMEU, O DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO, descendente do Rei Ptolomeu e da Rainha Arsinoe, os deuses Filopatores, uma estátua e um santuário de ouro em cada um dos templos, e colocá-lo na câmara interior com os outros santuários; e nos grandes festivais nos quais os santuários são levados em procissão, o santuário do DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO será levado em procissão junto com os demais.

E para que ele possa ser facilmente reconhecido agora e para todo o sempre, deverão ser colocadas sobre o santuário dez coroas reais de ouro, às quais será acrescida uma naja, à semelhança de todas as coroas ornadas com najas que estão sobre os demais santuários, no centro da coroa dupla que ele usava quando adentrou o templo de Mênfis para realizar as cerimônias de sua coroação; e na superfície que rodeia as coroas, ao lado da coroa acima mencionada, deverão ser colocados símbolos de ouro, em número de oito, significando que esse é o santuário do rei que uniu os países Alto e Baixo. E como o aniversário do rei é celebrado no 30º dia de Mesore e como também se celebra o 17º dia de Paophi, dia em que ele sucedeu a seu pai, esses dias foram considerados como dias de devoção nos templos, pois eles são fontes de grandes bençãos para todos;

e foi decretado ainda mais que um festival terá lugar nos templos por todo o Egito nesses dias de cada mês, acompanhados de sacrifícios e libações e todas as cerimônias costumeiras dos outros festivais e oferendas serão feitas aos sacerdotes que servem nos templos. E um festival terá lugar em honra do Rei PTOLOMEU, ETERNO, O BEM AMADO DE PTAH, O DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO, anualmente, nos templos por todos os cantos da terra no 1º dia de Thoth durante cinco dias, durante os quais eles usarão guirlandas e executarão sacrifícios e libações e outros sacramentos habituais, e os sacerdotes de cada templo serão chamados os sacerdotes do DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO e mais os nomes dos outros deuses que eles servem; e seu sacerdócio será inscrito sobre todos os documentos oficiais e será gravado nos anéis que eles usam;

e os particulares serão também autorizados a assistir os festivais e a instalar o santuário supra-mencionado em suas casas; executar as celebrações supra-mencionadas anualmente, a fim de que todos e cada um possa saber que os homens do Egito exaltam e honram o DEUS EPIFÂNIO EUCARISTO, o rei, de acordo com a lei.

Este decreto será inscrito sobre uma estela de pedra nos caracteres sagrados e nativos e gregos e será erigida em cada um dos templos de primeiro, segundo e terceiro graus, ao lado da imagem do Rei Eterno.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pedra_de_Roseta

13/11y

Subindo!

Filed under: estudos, linques — interaubis @ 12m/35

Primeiro Andar: Instintos básicos, as necessidades do corpo, a matéria viva, respirando.
1 pixel branco
Segundo Andar: Sentimentos contraditórios, gostar e odiar, desejo e indiferença, carinho e cólera, faça a sua escolha, mas um não vive sem o outro, fique bem avisado!
1 pixel branco
Terceiro Andar: Pensamentos complexos, racionalização, a simplificação e tentativas de controle do Mundo. Bem vindo ao ser-humano.
1 pixel branco
Quarto Andar: O Amor! O verdadeiro e puro amor, a conexão com a vida, a compaixão e a superação dos opostos. Se você conseguiu chegar até aqui fica tudo mais fácil.
1 pixel branco
Quinto Andar: O final do processo de individuação. A cristalização do ser, o mundo inteiro à sua disposição. O encontro com a sua Alma imortal e a percepção de todas as outras almas como unidades separadas, também imortais. (Parece que tudo acabou aqui, mas cuidado! Hora te quebrar todos os espelhos, todas as teorias e superar o si-mesmo para ir ainda mais Além.)
1 pixel branco
Sexto Andar: Agora sim. O Cosmos. Tudo. O universo infinito. O encontro com o Criador e a superação do indivíduo, aquela ilusão potente.
1 pixel branco
Sétimo Andar: Além da Criação, existe o Nada. Aqui há a Libertação.

Os Sete Chakras

(resumo raso desses textos aqui, do Osho. In english!)

06/11y

uma imagem intrigante

Filed under: imaginess, linques — interaubis @ 12m/17

Floresta tropical

Fiquei um tanto fascinado por essa imagem. Não há nada nela, na verdade.

Mas tenho a nítida impressão de que há algo que não estamos vendo ou então algo que está prestes a acontecer.

Ou será que tem alguma coisa, muito evidente, e que eu não consegui perceber???

Se acharem algo nela, me avisem!

Achei aqui:

http://www.pedrodoria.com.br/

(que por sua vez achou aqui)

Older Posts »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.